ir direto para o conteúdo ir direto para as editorias

Mapa-Mundi.com - Redefinindo o luxo de viajar - Turismo de Luxo, Cruzeiros, Arte e Design, Primeira Classe, Compras, Baladas

Buscar no Mapa-Mundi


London Calling

Conhecer Londres nunca foi tão conveniente, barato e rápido.
« »
  1. Oyster Card
  2. Transporte Público
  3. Transporte Público: metrô
  4. Transporte Público: oyster card
  5. Transporte Público: oyster card
  6. Transporte Público sobre o Tâmisa
  7. Transporte Público no Rio Tâmisa
  8. Transporte Público: acessibilidade total
  9. Oyster Card
  1. London Calling
  2. Oyster Card Oyster Card
  3. Transporte Público Transporte Público
  4. Transporte Público: metrô Transporte Público: metrô
  5. Transporte Público: oyster card Transporte Público: oyster card
  6. Transporte Público: oyster card Transporte Público: oyster card
  7. Transporte Público sobre o Tâmisa Transporte Público sobre o Tâmisa
  8. Transporte Público no Rio Tâmisa Transporte Público no Rio Tâmisa
  9. Transporte Público: acessibilidade total Transporte Público: acessibilidade total
  10. Oyster Card Oyster Card

A maneira mais fácil, prática e eficiente para você conhecer Londres é usando os diversos tipos de transporte público. A capital britânica é muito bem servida pelo famoso sistema de metrô; por ônibus;  trens leves, metrô de superfície, bondes, trens metropolitanos, um teleférico que cruza o Tâmisa em Greenwich e até mesmo alguns barcos.

Com tantas opções, você consegue chegar em qualquer lugar da cidade sem dificuldade. Além disso, nunca foi tão fácil de pagar pelo transporte público na sua estadia em Londres.

A cidade é dividida em zonas de transporte e os preços em geral são calculados com base nestas zonas. A parte mais central é a zona 1, seguida da zona 2, e assim sucessivamente até a zona 6, onde está o aeroporto de Heathrow. Há ainda zonas 7, 8 e 9 no noroeste da cidade, consideradas especiais.

Para usar o sistema de transporte de Londres, você tem as seguintes opções de pagamento:

1- Passagem avulsa – “single fare” – podem ser adquiridas nas máquinas de venda das estações de metrô passagens avulsas, válidas para um trajeto somente. Essas são as mais caras e, a não ser que você for usar o transporte somente uma ou duas vezes em toda sua estadia, não valem a pena.

2 – Cartão Oyster – é um cartão eletrônico inteligente que custa 5 libras, reembolsáveis na devolução. É uma forma prática e simples de pagar o transporte e as tarifas nesta modalidade são reduzidas. Ele pode ser comprado em qualquer estação de metrô (inclusive nas estações do aeroporto de Heathrow) e pode ser usado de algumas formas:

– pay-as-you-go –  você “carrega” o cartão eletronicamente com uma certa quantidade de libras (múltiplos de £5 até £90) e à medida que usa o transporte, o valor da passagem é descontado deste valor pré-pago. Há um teto diário (“daily cap”) para cada zona de transporte, acima do qual nada mais é descontado. Isso significa que você pode usar o metrô, ônibus, DLR, overground, tram,  20 vezes (por exemplo) em um dia, que não será descontado mais do que o teto diário das zonas em que você circulou.

– com passes – você também pode carregar este mesmo oyster eletronicamente com um passe semanal, mensal ou anual, chamado Travelcard. Neste caso você paga o valor do Travelcard (por exemplo, £34,10 para um travelcard de 7 dias dentro das áreas 1 e 2 de transporte) e pode usar o transporte ilimitadamente durante 7 dias corridos, quantas vezes quiser, em qualquer horário, desde que dentro destas zonas.

– misturando os dois sistemas acima – como o cartão é inteligente, você pode carregá-lo eletronicamente com um passe para determinado período e determinadas zonas de transporte, e também com libras que serão debitadas à medida que você sai destas zonas, ou se usa o sistema além do prazo do travelcard. Assim, se tem um 7-day travelcard para as zonas 1 e 2 e quer ir para o aeroporto de Heathrow, que fica na zona 6, você precisará de libras extras para cobrir o trecho entre a zona 2 e a 6. O sistema debitará automaticamente o valor extra devido do saldo de libras do seu cartão Oyster.

3 – Visitor Oyster Card – é um cartão Oyster especial para visitantes, que já vem pré-carregado com determinado valor ( £10, £15, £20, £25, £30, £35, £40 ou £50) para ser usado como pay-as-you-go. Ele não pode ser carregado com passes tipo travelcard, mas se os créditos acabarem, o Visitor Oyster Card pode ser recarregado em qualquer máquina nas estações de metrô. 

O Visitor Oyster Card custa £5 (além do valor do crédito e do frete) e é enviado para sua casa por courrier (DHL). O Visitor Oyster Card não pode ser adquirido em Londres, ele pode ser comprado online na loja do órgão oficial de turismo britânico. Destina-se a pessoas que querem ter a tranquilidade de já chegarem em Londres com o cartão de transporte em mãos. O cartão Visitor Oyster oferece também alguns descontos em restaurantes, galerias e lojas em Londres.

4 – Cartão de crédito e débito sem contato – os cartões de crédito que permitem transações “sem contato” podem ser usados para pagamento do transporte em Londres. Note, no entanto, que cartões emitidos no Brasil podem não ser aceitos para este tipo de pagamento ou o emissor do cartão pode cobrar uma taxa por cada transação (verifique com seu banco antes de viajar). Assim, sugerimos que o turista use as outras formas de pagamento.

5-  Travelcard de 1 dia

Se você for permanecer na cidade por muito pouco tempo e não quiser adquirir o Oyster, poderá adquirir nas próprias estações de metrô um day travelcard que é emitido em papelão e é descartado quando termina sua validade. Este travelcard vale para a data que está impressa nele até às 4h29 da madrugada seguinte.

Você pode adquirir nas estações ferroviárias, passes Travelcard válidos para um dia, uma semana ou um mês sem necessitar do Oyster.  

QUANTO CARREGAR NO OYSTER

As zonas de transporte 1 e 2 são as zonas em que normalmente os turistas mais transitam, pois aí se encontram muitos hotéis e as principais atrações turísticas da cidade.

  • No oyster, será debitado £2.40 para cada viagem dentro das zonas 1 e 2. O bilhete avulso (sem oyster) custa £4.90.
  • Você terá um desconto máximo por dia no oyster de £6.80 (teto diário mostrado na tabela acima), independentemente de quantas vezes usar o transporte.
  • melhor opção para quem fica na cidade por 1, 2, 3, ou 4 dias é usar o oyster como pay-as-you-go, carregando o cartão com os valores indicados abaixo.
  • Para calcular quanto carregar no seu oyster, multiplique o número de dias em que for usar o transporte pelo valor do teto para as zonas em que for circular.  Para fazer o carregamento online ou em algumas máquinas, você terá de carregar com valores múltiplos de £5, assim arredonde para cima. Veja a tabela abaixo.
  • Para 5 dias, o valor (£6.80 x 5) corresponde a £34, e você teria de carregar o oyster com 35 libras, mais que o valor de um 7-day travelcard (£34.10). Assim, vale mais a pena carregar o oyster com o travelcard. O mesmo para 6 ou 7 dias.
  • Cada pessoa deve ter seu Oyster Card.

Caso precise incluir trechos fora das zonas 1 e 2, como vir de Heathrow (zona 6), por exemplo, você pode usar os créditos que tem de saldo, ou carregar o cartão com mais algumas libras, respeitando os múltiplos de 5.

Para adaptar a tabela acima a outras zonas de transporte, é só substituir o valor do teto diário do Oyster pelo que se aplica às zonas em que for circular (£8 para zonas 1-3, £9.80 para 1-4, etc.).

Se no final da viagem, houver saldo remanescente no Oyster, é possível ter reembolso do valor, juntamente com as £5 pagas pelo cartão.  sobre o reembolso do saldo do Oyster.

Crianças com até 11 anos não pagam para usar o transporte em Londres. Elas simplesmente passam junto com um adulto sem ter de apresentar nenhum documento.

Crianças entre 11 e 15 anos em turismo na cidade por até 14 dias têm descontos, desde que acompanhadas de um adulto com Oyster card válido.  

Com os valores especificados acima, você tem acesso ao ônibus, metrô e outras formas de transporte. Mas se quiser economizar, andar somente de ônibus continua sendo a forma mais barata de usar o transporte público em Londres. Além de a tarifa básica ser menor que a do metrô (£1.50 descontado no oyster), esta forma de transporte não utiliza o sistema de zonas de transporte. Assim com os 1.50 você pode ir da zona 1 à zona 9 se quiser.

Teto diário do ônibus

O teto diário para viagens somente em ônibus que será descontado do seu oyster é £4.50. Assim, se seu plano for usar somente o ônibus em Londres, carregue o oyster com o número de dias x 4,50 até 4 dias. Para 5, 6 ou 7 dias, vale a pena carregar o oyster com o passe semanal de ônibus, que custa £21.20.

É bom lembrar que não são vendidas passagens dentro do ônibus. Você tem de ter um oyster com crédito ou passe de ônibus válido antes de entrar. O passe de ônibus (sem oyster) válido para viagens ilimitadas durante um dia custa £5.

Com seu Oyster Card em mãos, no metrô, é só fazer o que todo mundo faz: bater o cartão no botão amarelo posicionado na catraca. Não precisa nem tirar da carteira! Na saída, para abrir a catraca, você terá de bater o cartão novamente. Nos ônibus, basta encostar o cartão na leitora, também amarela. Não é preciso fazer o mesmo quando for descer do ônibus.

Cada pessoa precisa ter seu oyster, ele não pode ser compartilhado.

 

 

 

Enviado por: Administrador
Data de publicação: 13/05/2018 - 07:35


Comente (0) comentários

ler todos os comentários







. .

© 2005-2010 Mapa Mundi por Eduardo Alves.
Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização.

Desenvolvido por: cliointeractive