ir direto para o conteúdo ir direto para as editorias

Mapa-Mundi.com - Redefinindo o luxo de viajar - Turismo de Luxo, Cruzeiros, Arte e Design, Primeira Classe, Compras, Baladas

Buscar no Mapa-Mundi

Editorias


Você está em: página inicial / primeira classe / spa de chocolate

patrocínio: Mapa Mundi Concierge

Primeira Classe Assinar RSS Feed

Dicas para os ricos, famosos, chics e descolados

Spa de Chocolate

Prazeres e delícias em Hershey, a cidade americana do chocolate
  1. Spa de Chocolate

A primeira fábrica de chocolates do mundo foi inaugurada em 1894. Na época, Milton Hershey fundou, no estado americano da Pensilvania, a primeira linha de produção da delícia. Ele transformou o chocolate, até então produto exclusivo de consumo das elites, em um prazer ao alcance de todos.

Hoje, a empresa fatura U$ 4 bilhões por ano. Garante cerca de 14 mil empregos diretos. E os chocolates Hersheys são consumidos em mais de 100 países.

No entanto, só mesmo lá, no condado de Lancaster, terra natal das guloseimas, é possível aproveitar tudo que o chocolate tem a oferecer. Situado em um edifício idêntico à mansão onde vive a família Hershey, o The Chocolate Spa oferece tratamentos de beleza e saúde, para o corpo e para a mente.

Que tal uma máscara rejuvenescedora feita com fondant de chocolate (60 minutos, U$105)? Ou um banho de leite de cacau borbulhante para amaciar a pele (25 minutos, U$45)? Ou ainda uma esfoliação à base de sementes de cacau (30 minutos, U$60)? Se você prefere misturar frutas na receita, prove a limpeza de pele à base de parfait de morangos (30 minutos, U$60). Só não recomendo ter esperanças de voltar para casa mais leve. O spa fica em meio a um complexo de parques, hotéis e restaurantes onde o chocolate é o tema central. Não preciso dizer mais nada, certo?

Reservas: Mapa-Mundi Viagens

Enviado por: Administrador
Data de publicação: 02/01/2013 - 05:00


Comente (0) comentários

ler todos os comentários





© 2005-2010 Mapa Mundi por Eduardo Alves.
Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização.

Desenvolvido por: cliointeractive