ir direto para o conteúdo ir direto para as editorias

Mapa-Mundi.com - Redefinindo o luxo de viajar - Turismo de Luxo, Cruzeiros, Arte e Design, Primeira Classe, Compras, Baladas

Buscar no Mapa-Mundi


Kempinski Hotel Berchtesgaden, Bavária

Um destino de férias incrível nas montanhas da Bavária
« »
  1. Kempinski Hotel Berchtesgaden
  2. Kempinski Hotel Berchtesgaden
  3. Kempinski Hotel Berchtesgaden
  4. Kempinski Hotel Berchtesgaden
  5. Kempinski Hotel Berchtesgaden
  6. Kempinski Hotel Berchtesgaden
  7. Kempinski Hotel Berchtesgaden
  8. Kempinski Hotel Berchtesgaden
  9. Kempinski Hotel Berchtesgaden
  10. Kempinski Hotel Berchtesgaden
  1.    Kempinski Hotel Berchtesgaden
  2.    Kempinski Hotel Berchtesgaden
  3.    Kempinski Hotel Berchtesgaden
  4.    Kempinski Hotel Berchtesgaden
  5.    Kempinski Hotel Berchtesgaden
  6.    Kempinski Hotel Berchtesgaden
  7.    Kempinski Hotel Berchtesgaden
  8.    Kempinski Hotel Berchtesgaden
  9.    Kempinski Hotel Berchtesgaden
  10.    Kempinski Hotel Berchtesgaden

Semanas antes de partir para a Europa na primavera de 2019, decidi mudar o roteiro. Em vez de viajar direto de Viena para Munique, inclui um fim de semana nas montanhas da Bavária, bem na faixa aonde os picos alpinos tocam o território alemão. 

Usei meu passe de trens Eurail Global Pass e fui para Berchtesgaden. Ou melhor, eu fui para o hotel Kempinski Berchtesgaden.

Aberto em 2005, com outra bandeira hoteleira, o hotel foi transformado em um luxuoso resort com a marca Kempinski em 2015. Hoje é um destino de viagem maravilhoso. 

De cara, eu ainda no saguão, fiquei encantado com a elegância modernista e ao mesmo tempo rústica do enorme espaço. Apesar da grandioso, com pé direito duplo, o lobby tinha áreas aconchegantes e charmosas. 

Uma lareira redonda no meio da área de estar do saguão e uma enorme mesa de apresentação na área do lobby com decorações e ornamentos florais, quase natalinos davam um toque caseiro chic.

 No check-in fui a apresentado a uma das "Ladies in Red". Elas fazem parte de um time de concierges in-house, que trabalham como "braços direitos" dos hóspedes. Elas estão presentes em todos os hotéis da rede Kempinski. Uma delas me acompanhou até o quarto e me explicou todos os detalhes das opções de lazer e relax: adorei!!

Localizado no terceiro andar, de frente para o vale e para as montanhas, meu quarto tinha uma vista deslumbrante. Na entrada, um longo hall com armários, porta malas, acesso à sala de banhos e cofre. Um mini-bar completo, bem como cafeteira Nespresso e chaleira elétrica ficavam discretamente escondidos em um gavetão, montado no console. As janelas tinham vidro do chão ao teto, cortinas em três tempos, com vual e black-out. 

A enorme televisão Full HD vem com uma seleção incrível de canais. Da cama ou da área de estar eu tinha a vista panorâmica do vale e das montanha. Minha opção foi sintonizar um canal de música, para servir de trilha sonora ao cenário cinematográfico que entrava pelas janelas. 

Deixei para acender a lareira, a noite. Logo em seguida à minha chegada, coloquei uma short de banhos, uma camiseta, me enrolei no roupão felpudo que encontrei no armário e fui para o piso térreo. Lá se encontra a área de spa do hotel.

Uma enorme piscina fechada, toda envidraçada, se comunica com a parte externa, através de um "túnel molhado", que termina na piscina ao ar livre. Nessa, a água é mais quente e a vista impressionante. Cercada de montanhas, da piscina você pode ver Eagle's Next (Ninho da Águia): uma construção sombria, erguida no alto do pico mais elevado na região, feita para servir de casa de festas ao líder nazista. Pouco usado na época, o prédio foi preservado e hoje funciona como um memorial à vitória dos aliados contra o Reich.

A área de spa tem também uma academia de ginástica, e uma parte fechada, para adultos, homens e mulheres, aonde o traje é zero. "Nude Area Only": bem ao costume germânico. Dentro você encontra uma grande sauna seca, e uma à vapor. Duchas geladas, área de repouso e todos os outros hóspedes do hotel completamente pelados.

Além dos limites físicos do hotel, você tem um enorme leque de atividades para escolher, todos os meses do ano. E isso fica claro logo ao chegar no Kempinski Berchtesgaden. Isso porque a foto do galante "activities director" está estampada por toda a parte: nos elevadores, na capa das brochuras no quarto e é claro, no activities centre. 

Na verdade, a popularidade dele é merecida. O rapaz coordena uma programação super variada e bem divertida, que vai desde trilhas com experts em biologia, até corridas track & field, e passeios na cidade de Berchtesgaden. No inverno, as atividades aproveitam a neve que cobre a paisagem.

Durante a minha estada o sol brilhou todos os dias. Assim optei por fazer uma caminhada montanha acima, acompanhado por "Toni, the Hike". Foram cinco horas de muito exercício, paisagens belíssimas, excelente companhia e cultura: Toni é um guia 5-estrelas.

 

 

 

Para completar, o Kempinski Berchtesgaden tem dois restaurantes maravilhosos. E vou contar tudo sobre cada um em breve, eu outra reportagem. 

Eu recomendo pelo menos duas noites no hotel, durante um roteiro que inclua essa região da Europa. Faça como eu, inclua esse destino entre duas cidades grandes. No meu foram Viena e Munique: deu super certo!

Fica a dica!


 

Enviado por: Administrador
Data de publicação: 18/09/2019 - 15:56


Comente








Magic Village

© 2005-2010 Mapa Mundi por Eduardo Alves.
Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização.

Desenvolvido por: cliointeractive