ir direto para o conteúdo ir direto para as editorias

Mapa-Mundi.com - Redefinindo o luxo de viajar - Turismo de Luxo, Cruzeiros, Arte e Design, Primeira Classe, Compras, Baladas

Buscar no Mapa-Mundi

Editorias


Você está em: página inicial / eduardo alves / tendências do turismo

patrocínio: Mapa Mundi Concierge

Eduardo Alves Assinar RSS Feed

Conversas com o editor do portal Mapa-Mundi, um expert na arte de viajar

Tendências do Turismo

Contratar os serviços do agente de viagem é para quem pode. É um luxo!

O advento da internet tornou possível para muitos reservar hotéis, comprar passagens e contratar serviços de viagem. Assim, a figura do agente de viagem deixou de ser uma necessidade absoluta. Contratar um profissional para cuidar dos seus planos de férias, ou mesmo de viagens de negócio, é um luxo.

Poder contar com a ajuda de um especialista, que garanta a qualidade e a eficiência dos serviços e estabelecimentos (hotéis, navios, etc...) é para quem pode.

O agente de viagens continua sendo essencial para aqueles cujo tempo vale mais do que a economia de alguns dólares, às vezes possível para quem prefere reservar viagens, sem garantia nem segurança, direto no computador de casa.

Esta é apenas uma das tendência que norteam o turismo nesta segunda década do século XXI. Em uma conversa informal, no Luxury Marketing Council Brazil, a especialista Karen Weiner Escalera apontou outras 10 tendências fortes que estão dando um novo formato ao mercado de turismo de luxo. Vamos lá:


1 - Retorno de valores tradicionais e tempo qualitativo com a família e amigos.

2 - Uso de novos vocabulários: valor, qualidade, design prático, necessidade real, luxo individualizado, status pelo conhecimento e não pela ostentação.

3 – Valor e não preço é o fator chave na hora da compra, já que agora é equacionada pela necessidade do consumo inteligente. A questão agora é o apelo racional (investimento, qualidade, valor de marca) e emocional (paixão, oportunidade, tendência, experiência e exclusividade).

4 - Mesmo em tempos de tecnologia dominante, consumidores estão cada vez mais a procura do apelo aos sentidos – visual, auditivo, olfativo, gustativo e tato.

5 - A valorização efetiva da marca pode vir desde a relação com a arquitetura e a arte, até a assinatura de perfumes, gastronomia e musica. 

6 - O advento do neo-tribalismo, com o desenvolvimento de sociedades fracionadas em “tribos”, não étnicas, mas determinadas pelos interesses profissionais e pessoais e pelas paixões pela cultura, gastronomia, artesanato, moda, sapatos, viagens. 

7 - O mercado está menos definido “psicodemograficamente”, ou seja, por comportamento. Isso criou um grande número de oportunidades de marketing de novos nichos e micro-nichos. Na área de turismo, por exemplo, existem tendências como o turismo de animais de estimação, cinematográfico, femininas, de solteiros. As "vilas tribais" são comunidades online onde pessoas podem dividir seus interesses, como o Facebook, Twitter, Foursquare, Linked in, entre outras.

8 - O consumo consciente trouxe consumidores influentes que gostam de saber que suas compras podem ajudar, de alguma forma, comunidades carentes ou beneficiar o planeta.

9 - Criatividade é a nova moeda de troca. Os consumidores desejam produtos únicos e individualizados, e que seus amigos não tenham. Além disso, mais e mais consumidores querem criar e desenhar seus próprios produtos.

10 - Com o envelhecimento da população mundial, atividades relacionadas com saúde, bem-estar e medicina anti-envelhecimento (anti-aging) vão se tornar prioridades, criando grandes oportunidades de novos negócios, como por exemplo viagens de saúde e receptivos médicos.

Enviado por: Eduardo Alves
Data de publicação: 24/01/2011 - 10:29

Eduardo Alves

Eduardo alves

Jornalista, viajante e bon-vivant profissional, Eduardo Alves passou os últimos 20 anos experimentando o que há de melhor em termos de turismo e viagens. Hoje à frente do portal Mapa-Mundi, ele acredita que poder, e querer viajar, são em si, grandes luxos, que devem ser desfrutados com prazer. Para Eduardo Alves, conhecer o mundo é uma arte!

Ler texto completo







© 2005-2010 Mapa Mundi por Eduardo Alves.
Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização.

Desenvolvido por: cliointeractive