ir direto para o conteúdo ir direto para as editorias

Mapa-Mundi.com - Redefinindo o luxo de viajar - Turismo de Luxo, Cruzeiros, Arte e Design, Primeira Classe, Compras, Baladas

Buscar no Mapa-Mundi


O melhor de Viena

Um roteiro de atrações culturais imperdíveis na capital da Áustria
« »
  1. Egon Schielle, Leopold Museum
  2. Albertina
  3. Mumok
  4. Mumok
  5. Leopold Museum
  6. Kunsthistorisches Museum
  7. KunstHaus
  8. Kunsthistorisches Museum
  1.    Egon Schielle, Leopold Museum
  2.    Albertina
  3.    Mumok
  4.    Mumok
  5.    Leopold Museum
  6.    Kunsthistorisches Museum
  7.    KunstHaus
  8.    Kunsthistorisches Museum

Não existe um roteiro perfeito para conhecer Viena. Na verdade, existem muitos. São tantas atrações que é praticamente impossível conhecer tudo em apenas uma viagem. Assim, a dica é pesquisar um pouco antes de chegar, ou pelo menos conversar com o concierge do hotel, na hora de sair para explorar.

E foi isso que eu fiz quando estive na capital austríaca em maio de 2019. Como essa fora a minha terceira viagem à Viena, decidi não visitar atrações que já conhecia. Ficaram de fora o maravilhoso Palácio de Schonbrunn; a Igreja de Santo Estevão, e o Museu Freud - todos imperdíveis, ao menos uma vez na vida.

Assim, comecei minha visita pela vizinhança do Palácio Hofburg, casa dos famosos cavalos dançantes. Ao lado está o imponente edifício do Kunsthistorisches Museum. Construído no fim do século XIX para abrigar a extensa coleção de arte da família imperial, expõe obras de artistas como Pieter Bruegel, Rembrandt e Vermeer (incluindo A Arte da Pintura, além da emblemática Stairway to Klimt. O Museu de História da Arte de Viena tem também uma fascinante coleção do antigo Egito. Maravilhoso!

Viena é uma cidade com dezenas de bons museus. É quase impossível conhecer todos durante apenas uma visita à capital austríaca. Do completo Museu de História da Arte fui até o Mumok – Museu de Arte Moderna de Viena. O prédio contemporâneo tem exposições e instalações espalhadas por quatro andares, além da coleção, com obras de Picasso, Andy Warhol, Alfons Schilling, Robert Rauschenberg, Jasper Johns, Wolf Vostell, Peter Weibel, e Roy Lichtenstein, entre outros.

Na mesma praça, em frente, fica o Museu Leopold. A coleção juntada pelo Dr. Rudolf Leopold exibe obras de arte moderna e contemporânea de artistas como Egon Schiele, Gustav Klimt, Oskar Kokosc. Vale uma visita.

Minha próxima parada foi o Museu Albertina. Uma galeria de arte por excelência, este é seguramente um dos melhores museus do mundo. É, também, um museu de difícil definição. Uma mistura de artes gráficas com pinturas de grandes nomes como Monet, Picasso, Chagall, CézanneKlimt – e ainda coleções de arquitetura e fotografia -; tudo em exibição dentro de um palácio imperial, com anexos contemporâneos. Absolutamente fundamental em qualquer passagem por Viena.

Para terminar minha seleção, visitei o KunstHaus Wien que exibe a criatividade excêntrica de Friedensreich Hundertwasser. A arte de Hundertwasser tem a loucura delirante de Gaudí misturada com o colorido vibrante de Miró e o traço infantil de uma criança. Vale a visita pela irreverência e por ser único: só em Viena!

 

 

 

Enviado por: Administrador
Data de publicação: 29/06/2019 - 06:16


Comente (0) comentários

ler todos os comentários







Magic Village

© 2005-2010 Mapa Mundi por Eduardo Alves.
Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização.

Desenvolvido por: cliointeractive