ir direto para o conteúdo ir direto para as editorias

Mapa-Mundi.com - Redefinindo o luxo de viajar - Turismo de Luxo, Cruzeiros, Arte e Design, Primeira Classe, Compras, Baladas

Buscar no Mapa-Mundi

Editorias


Você está em: página inicial / aéreas e milhas / mala sem alça

patrocínio: Mapa Mundi Concierge

Aéreas e Milhas Assinar RSS Feed

Notícias e promoções das copanhias aéreas e dos programas de milhas

Mala sem alça

Como lidar com suas bagagens e evitar problemas ao viajar de avião
  1. Mala sem alça

Nunca tantas bagagens foram roubadas, extraviadas ou "reviradas" quanto nos últimos anos. Focos de problema estão em aeroportos onde brsileiros circulam com MUITA bagagem, como o de Miami, por onde passam milhares de malas de viajantes brasileiros todos os dias. 

As nossas, são todas responsabilidade da American Airlines  e da TAM. As empresas que oferecem voos dretos do Brasil para a "capital" brasileira nos Estados Unidos. Se não fosse a nosso dinheiro. o comércio da cidade estaria mais do que falido.

Você já foi vítima? Eu já. Nosso leitor Arthur da Silva Gomes(veja o depoimento dele abaixo) também. Eus, depois de viajar centenas de milhares de milhas percorrendo o mundo, tive minhas malas roubadas em uma conexão entre Miami e Porto Rico.

Arthur sofreu mais do que eu.

O sucesso de uma viagem depende do clima, das companhias que viajam junto, dos hotéis, dos restaurantes. E. da bagagem. Carregar muitas malas é um sufoco. Mas pagar 5 vezes mais por TUDO no Brasil, incomoda mais ainda.

Malas perdidas são dor de cabeça intsntânea. Malas muito pesadas causam dores nas costas. Malas roubadas, dores de cotovelo. 

Aqui vão algumas dicas para você lidar bem com suas bagagens: 


Não economize demais
– Malas feitas por fabricantes conceituados, custam mais caro do que as genéricas. Elas garantem, no entanto, que você não ficará na mão. Lembre-se: aparências enganam. Matéria-prima porcaria pode parecer com a de boa qualidade. No entanto, na hora que você precisa, alças arrebentam, costuras soltam, zíperes abrem e rodinhas emperram. Samsonite, Delsey, ProTraveler: não custam os olhos da cara mas oferecem o mínimo de confiabilidade. Rimowa, Tumi, Victorinox são os rols-royces das malas. Exagero! Custam o triplo das outras três marcas.

Itens essenciais na mão
– Leve com você para dentro do avião os documentos, itinerários de viagem, remédios, endereços e telefones de emergência, óculos de grau, dinheiro, jóias e cartões de crédito. Apenas respeite o limite de ítems líquidos ou em gel. 

Despachar ou carregar
– Não ter malas para despachar, simplifica a viagem, tanto no check-in, quanto na chegada. No entanto, se você está carregando muita bagagem, não tente levar tudo para dentro do avião. Lembre-se que terá de carregar a bagagem no percurso pelos terminais dos aeroportos de partida, conexões e chegada. Além disso, objetos pesados são perigosos pois podem cair e ferir alguém dentro da aeronave.

Tamanho é documento
– A bagagem de mão deve caber no compartimento superior, que fica logo acima dos assentos. O tamanho não pode ultrapassar essas medidas: 23 cm X 35 cm X 56 cm. O peso também não deve ser maior do que 14 kg.

Frágeis vão na ostra
– As mais seguras das bagagens são as de estrutura dura, chamadas oyster cases. Marcas como Sansonite e Delsey são de ótima qualidade e não custam mais do que R$300 ou R$400 reais para os tamanhos maiores. As que uso hoje, têm mais de 10 anos e voaram centenas de milhares de milhas.

Confira etiquetas
– Na hora do embarque, quando receber os recibos da bagagem despachada, confira o código do aeroporto registrado nas etiquetas. Ele deve corresponder ao seu aeroporto de desembarque final.

Limpe a área
– Antes de despachar as malas, retire todas as etiquetas relativas às viagens passadas. Mantenha sempre uma etiqueta com seu nome, endereço e telefone de contato. Só.

Colecione Recibos - Se você, como eu, viaja muito, comece a guardar os recibos de todos os ítems de vestuário que comprar, seja lá aonde estiver. A regra é: se custar mais do que US$ 100, guarde a notinha. Depois da minha recente experiência com a American Airlines, quando tive minha bagagem revirada e roubada, eu preparei uma pasta em casa, onde vou guardar recibos, arquivados com o nome: em caso de babagem roubada!.

Você já teve suas malas roubadas?

Envie-nos um comentário. Conte sua história. Estamos planejando uma grande mutirão de compensasão.

Abs,

Eduardo

 

Enviado por: Administrador
Data de publicação: 23/12/2010 - 00:00


Comente (3) comentários

ler todos os comentários



Comentários:

Caio Eduardo Santo Mauro
11/03/2011 - 17:00
Voltando de Miami para SP no dia 13/02/2011 no vôo A233 tínhamos 4 malas, uma delas para nossa surpresa tinha sido aberta e roubaram 1 oculos de sol, 1 perfume, 2 camisas e 1 jogo de videogame, outros itens de vestuário não tinham sido tocados, somente as coisas mais valiosas. Tentei contato por duas vezes com a AA e ninguém foi capaz de responder minha correspondência. Não sei o que fazer, mas pretendo acioná-los judicialmente pois não podemos ser tratados desta maneira. Fora que o vôo foi algo que nunca vi na vida, fomos extremamente mal tratados pelas atendentes americanas. Resultado nunca mais viajo de AA.
Caio Eduardo Santo Mauro
11/03/2011 - 16:12
Voltando de Miami para SP no dia 13/02/2011 no vôo A233 tínhamos 4 malas, uma delas para nossa surpresa tinha sido aberta e roubaram 1 oculos de sol, 1 perfume, 2 camisas e 1 jogo de videogame, outros itens de vestuário não tinham sido tocados, somente as coisas mais valiosas. Tentei contato por duas vezes com a AA e ninguém foi capaz de responder minha correspondência. Não sei o que fazer, mas pretendo acioná-los judicialmente pois não podemos ser tratados desta maneira. Fora que o vôo foi algo que nunca vi na vida, fomos extremamente mal tratados pelas atendentes americanas. Resultado nunca mais viajo de AA.
arthur gomes da silva netto
20/12/2010 - 23:53
Eu tive minha mala extraviada no vôo AA963 de Dallas para Grualulhos em 12/12/2010. Recebi a mala só em 17-12 e ela havia sido aberta e os itens valiosos roubados. Procurei me informar e vou fazer um BO no aeroporto amanhã. Denunciei à ANAC e obviamente à AA, mas eles trataram com muita naturalidade e frieza como se fosse uma coisa habitual. Eu viajo muito e nunca havia sido roubado. Já tive a mala extraviada 3 vezes anteriormente e sempre as malas chegaram com o conteúdo OK. As roupas estavam misturadas com sapatos, roubaram uma plataforma de desenho, 1 Ipod touch e perfumes, oculos de sol ect. Até munha necessaire foi levada com remédios e escova de dentes... Isto nos passa uma impressão horrível da companhia. Quem está cuidando da nossa bagagem deve passar necessidades ou o H da empresa não seleciona direito. E o controle das malas, elas não deveriam ser filmadas?!
Arthur

ler todos os comentários



© 2005-2010 Mapa Mundi por Eduardo Alves.
Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização.

Desenvolvido por: cliointeractive