ir direto para o conteúdo ir direto para as editorias

Mapa-Mundi.com - Redefinindo o luxo de viajar - Turismo de Luxo, Cruzeiros, Arte e Design, Primeira Classe, Compras, Baladas

Buscar no Mapa-Mundi


Air Furto

Aeromoça da Air France é presa por roubar passageiros a bordo
  1. Air Furto

Greve, aviões quebrados, ameaças de bombo e agora uma aeromoça que trabalhava servindo passageiros de Primeira Classe e da Executiva da Air France é presa pelas autoridades francesas por furto. Ela roubava as bolsas dos passageiros, enquanto dormiam em voos a bordo dos aviões, nas viagens mais longas. Só faltava essa !

Ao mesmo tempo, por aqui, a ANAC, autoridade aeronáutica brasileira, vai intensificar as fiscalizações à Air France. A atitude relaciona-se com às falhas mecânicas e de manutenção nos aviões da empresa, que levaram a tres cancelamentos de voos na última semana.

Os problemas técnicos nos aviões, foram detectados na última hora ou até mesmo quando as aeronaves já estavam em pleno voo, com centenas de passageiros a bordo.

No sábado, dia 17, um Airbus A330 da Air France, prestes a decolar para uma viagem de mais de 10 horas, apresentou problemas elétricos. O avião é igual que desapareceu sobre o Atlântico, há pouco mais de uma ano.

Na quinta-feira, dia 15, foram os passageiros de Guarulhos que "ficaram na mão". Ou melhor, no chão.

O voo da Air France programado para sair em direção à Paris naquele dia, também foi cancelado. Na última hora, foram constatadas avarias na fuselagem do avião.

Na tarde de terça-feira, dia 13 de julho, um "cansado" Boeing 747 da empresa francesa, decolou em condições precárias do Galeão, com quase 500 pessoas a bordo.

Depois de voar várias horas, o piloto reagiu então a um problema, que já acontecia antes dos passageiros embarcarem. No momento que o avião deveria começar a longa travessia sobre o Atlântico, o comandante deu meia-volta. Àquela altura, a velha aeronave já deixara claro que não tinha condição de chegar ao seu destino final.

Vários banheiros do avião estavam quebrados antes da decolagem. Isto não foi suficiente para que e empresa cancelasse o voo. No ar, a situação piorou. O resto dos banheiros parou de funcionar. Cinco horas depois da partida, o 747 pousou no mesmo lugar de onde tinha saído: o aeroporto do Rio.

Depois deste incidente, que iniciou a "onda de falhas", a Air France se recusou a dar detalhes sobre o problema. Apenas foi categórica em dizer que, os passageiros não correram perigo de vida.

A tentativa da empresa francesa de se esquivar, e não explicar claramente o que vem acontecendo, chamou a atenção da ANAC. A Agência, se comprometeu a fazer um pedido formal e pedir esclarecimentos. 

Espero que não seja necessária mais uma tragédia, para que as autoridades nacionais obriguem a Air France a oferecer um serviço de qualidade aos brasileros. Afinal a empresa há anos fatura alto vendendo passagens aqui.

C'est la folie!

Enviado por: Eduardo Alves
Data de publicação: 21/07/2010 - 09:54


Comente (0) comentários

ler todos os comentários



. .

© 2005-2010 Mapa Mundi por Eduardo Alves.
Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização.

Desenvolvido por: cliointeractive